Fome Oculta ou Marginal

A Fome oculta, também referida como deficiência marginal, é uma carência não explícita (não aparente) de um ou mais micronutrientes no organismo, sendo atualmente identificada como o problema nutricional mais prevalente no mundo. Neste estado, os estoques de vitaminas e minerais diminuem silenciosamente, sem apresentar sinais nem sintomas, os quais, só ficam evidentes, quando o estágio mais grave da deficiência está instalado.
Com a dosagem dos ácidos orgânicos urinários quantitativos (tuss) através da tecnologia de espectrofotometria de massa, conseguimos identificar a carência individual de nutrientes e/ou vitaminas e corrigir o erro metabólico diminuindo o risco de doenças metabólicas.

Alguns exemplos de doenças relacionadas ao metabolismo:

  • Crescimento deficiente
  • Fraqueza muscular, dor muscular, baixo tônus muscular, intolerância ao exercício
  • Visão e/ou problemas auditivos
  • Dificuldades de aprendizagem, atrasos no desenvolvimento, retardo mental
  • Autismo, características semelhantes ao autismo
  • Doenças cardíacas, hepáticas ou renais
  • Distúrbios gastrointestinais, dificuldades de deglutição, diarréia ou constipação, vômitos inexplicáveis, cólicas, refluxo
  • Diabetes
  • Maior risco de infecção
  • Problemas neurológicos, convulsões, enxaquecas, derrames
  • Distúrbios do movimento
  • Problemas de tireóide
  • Problemas respiratórios (respiratórios)
  • Acidose láctica (um acúmulo de lactato)
  • Demência
Publicações Recentes