Perfil GI Effects Ecologia Microbiana – Flora Intestinal / Distúrbios Gastrointestinais

GI Effects perfil da Ecologia Microbiana – Fezes

GI Effects é diferente de qualquer outro perfil de análise de fezes, indo além dos parâmetros padrão para a identificação de distúrbios gastrointestinais.
O GI Effects utiliza a análise de DNA para identificar a microbiota inclusive anaeróbios, uma área previamente imensurável do ambiente intestinal. A avaliação de DNA é específica e precisa, evitando as armadilhas do transporte da amostra, apresentando resultados como números específicos, sendo mais sensível que os métodos laboratoriais clássicos.

Perfil da ecologia microbial

Mais de 99% das bactérias no intestino são anaeróbios, mas no ceco, bactérias aeróbias alcançam altas densidades. Em condições normais de homeostase, a microflora intestinal é de importância fundamental na prevenção da colonização por patógenos, chamada de “resistência à colonização.” Microrganismos realizam séries de funções úteis, tais como a fermentação dos substratos energéticos não utilizados substratos, comunicando-se com o sistema imunológico, impedindo o crescimento de espécies nocivas , que regulam o desenvolvimento do intestino, produzindo as vitaminas para o hospedeiro(como a biotina e a vitamina K), e produzem hormônios.
O perfil microbiológico foca bactérias predominantes, oportunistas e patogênicas, bem como leveduras / fungos, parasitas, índice de adiposidade, e sensibilidade microbiana e sensibilidades fungos. O perfil microbiológico também é uma opção fácil de acompanhamento para monitorar a terapia-alvo nos pacientes.

Vantagens do Perfil GI Effects:

– Maior precisão. Análise do DNA microbiano melhora a precisão dos resultados e inclui tanto aeróbios e anaeróbios. Anaeróbios incluem mais de 95% das bactérias no intestino e são difíceis de detectar com os métodos de cultura antiga.
– Resistência aos antibióticos
– A análise de DNA detecta organismos que possuem genes que dão origem a resistência aos antibióticos, oferecendo aos médicos uma ferramenta superior para a gestão eficaz do paciente.
– Coleta de amostra única. Métodos de cultura requerem várias coletas, enquanto o GI Effects requer apenas uma coleta de amostras
– Elimina erros de Transportes. O transporte da amostra é uma fonte de erros significativos na análise da cultura, devido à alteração do equilíbrio microbiano a partir do momento da coleta. Usando a análise de DNA, a amostra é colocada em um tubo com fixador que pára o crescimento microbiano e oferece um alta precisão instantânea do equilíbrio microbiano no intestino.
– Aumento da sensibilidade. GI Effects detecta sómente 5 células por grama – um aumento de 5.000 vezes na sensibilidade acima de microscopia para a detecção de parasitas.
Continuando com nosso compromisso com a inovação
“PCR é a melhor estratégia desenvolvida e amplamente utilizado de amplificação de ácidos nucléicos … Estas técnicas têm sensibilidade sem precedentes na medicina laboratorial, criaram novas oportunidades para o laboratório clínico para ter um efeito na assistência ao paciente e tornaram-se as novas normas” padrões de ouro ” laboratoriais para o diagnóstico de várias doenças infecciosas. “

Publicações Recentes