Perfil Organix Completo – Disfunção Mitocondrial

A identificação da causa de uma doença crônica é o primeiro passo para atingir um resultado terapêutico favorável.

O Organix™ – Ácidos Orgânicos Urinários revela as bases nutricionais e metabólicas dos sintomas do paciente, fornecendo uma visão sobre os processos metabólicos celulares principalmente para avaliar a função mitocondrial na produção de energia.
Identificar os bloqueios metabólicos significa a possibilidade de intervenções individuais que aumentam as respostas do paciente levando ao equilíbrio do metabolismo molecular.
Os ácidos orgânicos Urinários são intermediários metabólicos produzidos durante a formação de energia central, desintoxicação, esgotamento de neurotransmissores ou atividade microbiótica. A acumulação de ácidos orgânicos específicos na urina, geralmente sinaliza uma inibição ou bloqueio metabólico, podendo ser devido a uma deficiência de nutriente, um déficit herdado de enzimas, acúmulo tóxico ou efeito de drogas.
Com uma única amostra, o Perfil Orgânico Urinário fornece informações importante nas áreas de:

• Insuficiência de vitaminas e minerais;
• Insuficiência de aminoácidos carreadores de gorduras e percusores de neurotransmissores;
• Danos oxidativos e marcadores de suficiência de anti-oxidantes;
• Indicadores para calcular suficiência de desintoxicação;
• Marcadores funcionais de deficiência de complexo-B;
• Metabólitos de neurotransmissores para avaliar as funções do Sistema Nervoso Central (SNC);

Avaliação da produção de energia mitocondrial por componentes no ciclo do ácido cítrico:

• Status de suficiência de metilação;
• Marcadores de insuficiência de coenzima Q10 (CoQ10) e ácido lipoico;
• Marcadores de disbiose específicos para crescimento excessivo de bactéria e leveduras.

O Organix™ (Ácido Orgânico Urinário) apresenta uma ampla matriz de análise clinica do ponto de vista molecular , onde no exame encontramos marcadores especifico como:

• Xanturenato – marcador específicvo de deficiência de Vitamina B6;
• Formiminoglutamato ( FIGLU ) – indicador de insuficiência de ácido fólico;
• Quinolinato – metabólito de L-triptofano altamente neuro-tóxico;
• 8-OH Desoxiguanosina – produto específico do dano oxidativo do DNA;
• D-Lactato – marcador sensível de crescimento execessivo de L. Acidófilos e de neurotoxina potencial;
• D-arabinitol – marcador bem documentado de disbiose de Cândida SP.
metilaçãoFIGLU

Publicações Recentes